Obstruções Arteriais Crônicas

iStock_000013604353Small

As obstruções arteriais ocorrem pela deposição de colesterol na parede dos vasos, levando a diminuição do fluxo de sangue para uma região do corpo. Podem ocorrem em qualquer órgão, sendo os mais afetados o coração, o cérebro e os membros inferiores.

Os fatores de risco são hipertensão arterial, diabetes, colesterol aumentado e, principalmente, o tabagismo. Nos membros inferiores, a obstrução arterial começa manifestando-se pelo quadro de dor ao andar, conhecido como claudicação intermitente.

A pessoa apresenta uma dor intensa nas panturrilhas ou nas coxas ao andar um certo período de tempo, obrigando-a a parar a caminhada. Imediatamente após parar, a dor melhora, permitindo que a pessoa caminhe mais um pouco até os sintomas retornarem.

A doença pode progredir até uma situação em que, mesmo em repouso, há dor intensa no membro. Pode também ocorrer o desenvolvimento de feridas ou até de gangrena, com risco alto de perda do membro.

O tratamento deve ser avaliado caso a caso, podendo ser necessária a realização de exames invasivos (arteriografias), cirurgias de revascularização, angioplastias e até amputações.

agendar